Primeira Revolução Industrial – Era do Carvão e do Ferro

O QUE FOI?

A Primeira Revolução Industrial foi o período histórico (1760 a 1860) em que ocorreu o desenvolvimento do capitalismo liberal, baseado nos preceitos da livre concorrência e da liberdade de produção e comercialização de bens de consumo. Ficou conhecida como a era do carvão e do ferro.

QUAIS PAÍSES A DESENVOLVERAM?

Esta primeira fase da Revolução Industrial foi liderada basicamente pela Inglaterra, pela França e pela Bélgica.

PRINCIPAIS CAUSAS DA PRIMEIRA REVOLUÇÃO INDUSTRIAL:

– Acúmulo de capital durante a Revolução Comercial;
– A invenção de máquinas (máquina a vapor, tear mecânico e máquina de fiar);
– Desenvolvimento do sistema de transportes e comunicações com a invenção do barco a vapor, da locomotiva a vapor e do telégrafo;
– A expansão da ideologia liberal;
– Descobertas no setor mineral, a exemplo das grandes jazidas de carvão e ferro na Inglaterra.

RAZÕES PARA A SUPREMACIA INGLESA:

– Localização estratégica: por ser uma ilha, o Reino Unido não foi abalado pelas inúmeras guerras civis ocorridas na Europa durante a decadência do Antigo Regime;
– Grandes reservas de ouro, carvão e ferro;
– Disponibilidade de mão de obra devido à migração de camponeses pobres para as grandes cidades;
– Supremacia naval para o escoamento dos produtos.

ASPECTOS SOCIAIS DO TRABALHO DURANTE A REVOLUÇÃO:

– Jornadas de trabalho de 14 a 16 horas por dia;
– Baixos salários;
– Elevada oferta de mão de obra;
– Altos índices de desemprego;
– Exploração do trabalho infantil;
– Exploração do trabalho feminino;
– Inúmeros acidentes de trabalho ocasionados pelas máquinas da indústria.

Compartilhe conhecimento...