Resumo da Obra “As Veias Abertas da América Latina”

Obra: GALEANO, Eduardo. As Veias Abertas da América Latina. Porto Alegre: L&PM, 2015.

INTRODUÇÃO (“120 MILHÕES NO CENTRO DA TORMENTA”)

Galeano nos convida a questionar a suposta alegação de que a miséria na América Latina decorre do crescimento/tamanho de sua população quando se sabe que muitos países latino-americanos têm baixa densidade demográfica e muita terra para a produção. Na verdade, a campanha contra a fecundidade, encabeçada pelos Estados Unidos, surge como um meio de justificar a desigualdade social e os absurdos do sistema capitalista. Nega-se o direito de nascimento dos latino-americanos, porque é mais fácil combater esta ideia do que milhares de jovens engajados.  

No período em que o livro foi escrito, década de 70, houve, por exemplo, forte campanha de estímulo ao uso de métodos contraceptivos na população da Amazônia, por iniciativa dos Estados Unidos, principalmente porque o povoamento da região contraria seus interesses econômicos.

Continue lendo
Compartilhe conhecimento...

Qual Era a Função dos Jesuítas no Brasil Colonial?

Os jesuítas foram responsáveis por educar e catequizar os índios no Brasil Colonial. Estes missionários europeus eram os membros da Companhia de Jesus, ordem religiosa fundada em 1534 como uma reação à Reforma Protestante, com o intuito de fortalecer a Igreja Católica através da difusão dos seus dogmas e impedir a expansão do protestantismo.

Continue lendo
Compartilhe conhecimento...

Sonetos da Inconfidência – Ildásio Tavares

II – O Manuel

Meu coração balança numa corda —
nunca mais vai parar de balançar.
É noite. A vila já se foi deitar,
enquanto eu pago o preço de um calhorda.
Eu morro e Vila Rica não acorda!
Acordo e Vila Rica foi deitar!
Antes morrer do que me envergonhar;
melhor matar o sonho em uma corda.
Continue lendo

Compartilhe conhecimento...

Antecedentes da Independência do Brasil – Revolução Pernambucana (1817)

A Revolução Pernambucana (também chamada Insurreição Pernambucana de 1817) foi outro movimento de contestação que objetivava a Independência do Brasil e a Proclamação da República.

A chegada da família real no Brasil ocasionou a criação de novos impostos para a prestação de serviços públicos. Como em Pernambuco ocorreu um grande período de seca em 1815-1816, que causou impactos na produção de açúcar e algodão (bases econômicas do estado), além de aumentar a fome e a miséria, instaurou-se na região uma grave crise econômica. Esse contexto propiciou o surgimento da revolução e, assim como nas citadas anteriormente, as ideias iluministas eram a grande influência na busca por liberdade e melhores condições de vida. Também contribuiu para a revolução a interferência dos abolicionistas da Europa, que dificultavam o tráfico negreiro, tornando a mão de obra escrava cada vez mais cara.

Continue lendo

Compartilhe conhecimento...

Antecedentes da Independência do Brasil – Conjuração Baiana (1798)

A Conjuração Baiana ou Revolta dos Alfaiates foi um movimento de contestação, com caráter popular e emancipacionista, que ocorreu na Bahia em 1798. Nesse período, Salvador passava por uma grande crise social e econômica. Com o crescimento da população e o aumento abusivo no preço de produtos básicos, espalhou-se um clima de insatisfação. Além disso, havia escassez de alguns alimentos.

Influenciada pela Revolução Francesa e pelos ideais de liberdade e igualdade social, a conjuração baiana surge como um meio de contestar o domínio português sobre o Brasil.

Continue lendo

Compartilhe conhecimento...