Howard Gardner e a Teoria das Inteligências Múltiplas

Howard Gardner nasceu em Scranton, no estado norte-americano da Pensilvânia, em 1943. Influenciado por Piaget, Gardner se especializou nas áreas de Psicologia, Neurologia e Educação e tornou-se mundialmente conhecido por ter proposto a Teoria das Inteligências Múltiplas. Atualmente, é professor adjunto de Neurologia na Universidade de Boston e de Cognição e Educação em Harvard.

Teoria das Inteligências Múltiplas

Garnder estudou aspectos do desenvolvimento humano e das habilidades simbólicas em crianças normais e naquelas consideradas talentosas. Também teve por base a análise da diminuição dessas habilidades em adultos com dano cerebral. Contestando a ideia tradicional, Gardner redefiniu a inteligência “como um potencial biopsicológico para organizar informações, bem como solucionar problemas ou criar produtos que tenham representação em determinado meio cultural”.

Para o psicólogo norte-americano, existem sete tipos de inteligência (linguística; lógico-matemática; espacial; corporal-cinestésica; interpessoal; intrapessoal; e musical) – que são determinados pela estrutura genética e neurobiológica, podendo ser amplamente desenvolvidos ou não, algo relacionado à cultura específica, às oportunidades sociais e às escolhas pessoais.

Posteriormente, acrescentaram-se a essa lista mais dois tipos de inteligência: a naturalista e a existencial. Gardner também sugeriu depois que fossem agrupadas as inteligências interpessoal e intrapessoal num tipo só.

Inteligências Múltiplas e Educação

As ideias sobre as múltiplas inteligências foram publicadas inicialmente na obra Frames of Mind, de 1983, e exerceram forte influência nos processos de formação educacional. Tal teoria contesta os modelos de avaliação uniformes e padronizados, uma vez que estes se limitam a analisar somente alguns tipos de inteligência.

Segundo Gardner, deve-se priorizar uma educação centrada no aluno, isto é, buscar meios de ampliar o estímulo às diversas habilidades humanas, integrando-as num método eficaz, que leve em conta as manifestações da cultura e as particularidades de cada um.

Compartilhe conhecimento...