Questão Comentada – Ocupação do Território Brasileiro

QUESTÃO UESC

Os conhecimentos sobre a ocupação do território brasileiro permitem afirmar:

A) Os portugueses promoveram a degradação ambiental porque objetivavam implantar, no país, o sistema de jardinagem para produzir especiarias.
B) A colonização do Brasil foi de povoamento.
C) A cultura açucareira utilizou o sistema de plantation e latifúndios por dimensão.
D) O cultivo da cana-de-açúcar se limitou ao Nordeste porque apenas essa região possuía solos favoráveis para esse tipo de cultivo.
E) O sistema de plantation, por ser intensivo, não compromete a fertilidade do solo nem modifica sua composição.

Comentários: Durante os dois primeiros séculos da colonização portuguesa, a produção e a comercialização de fumo, algodão e principalmente da cana-de-açúcar constituíram a base econômica da ocupação e o eixo central da colônia de exploração moldada no Brasil. A atividade agrícola foi de suma importância para a fixação de estruturas permanentes de administração, produção e proteção da colônia.

A opção pela cana-de-açúcar, planta de origem asiática introduzida no Brasil pelos portugueses, foi motivada por diversos fatores, como a aceitação do produto na Europa, o domínio das técnicas de cultivo por parte de Portugal, acumulado em um século de cultivo do produto nas ilhas atlânticas, e especialmente pela adaptação da planta às condições do clima e ao solo massapê – tipo argiloso e muito fértil encontrado principalmente no litoral e na Zona da Mata do Nordeste. O cultivo da cana-de-açúcar foi realizado através do sistema de plantation, baseado monocultura de grandes latifúndios, que se utilizavam da mão-de-obra e cuja produção era voltada à exportação (alternativa C). Esta atividade tornou o Nordeste brasileiro em um dos maiores produtores mundiais de açúcar no século XVII.

Compartilhe conhecimento...