Redação Enem: Estudo do Texto Dissertativo-Argumentativo

A proposta de redação do Enem solicita aos candidatos a construção de um texto dissertativo-argumentativo. Esse modelo textual, por suas características peculiares, tem sido o mais cobrado nos diversos processos seletivos.

Para produzir uma boa redação, além de organizar bem as ideais, delimitar a abordagem e dominar os conteúdos em análise, é essencial conhecer as características do texto dissertativo-argumentativo. Como tal gênero é misto, antes de qualquer coisa, temos de saber o que é um texto argumentativo e o que é um texto dissertativo.

TEXTO ARGUMENTATIVO

Um texto argumentativo é aquele em que o autor expressa claramente a sua opinião sobre o tema sugerido. Para cumprir o objetivo, é necessário apresentar uma argumentação sólida, com exemplos e boas justificavas. Normalmente, a linguagem é objetiva e utiliza a norma-padrão da língua portuguesa.

Essas ferramentas contribuem para que o ponto de vista ou tese apresentada pelo autor desperte o interesse do leitor e o convença a respeito de determinada ideia – ou pelo menos o leve a refletir sobre ela.

Para apresentar o ponto de vista, o autor pode expressar-se diretamente, utilizando a 1ª pessoa; ou pode expressar-se de maneira impessoal, utilizando a 3ª pessoa. Exemplos frequentes de texto argumentativo são os artigos de opinião, as cartas argumentativas, além, é claro, da dissertação argumentativa.

 TEXTO DISSERTATIVO

Um texto dissertativo (ou dissertação) é aquele em que o autor discute ou elabora uma análise sobre determinado tema de forma objetiva e quase sempre impessoal. Uma dissertação se estrutura por meio de três partes fundamentais: a introdução, o desenvolvimento e a conclusão.

A introdução deve ser concisa, pois tem o intuito de apresentar ao leitor a ideia básica do texto. No desenvolvimento, parte mais longa do texto dissertativo, são apresentados os argumentos, dados e exemplos, que confluem com a ideia principal (apresentada na introdução). Na conclusão, o autor geralmente confirma os argumentos e expõe os resultados que sua análise revelou.

TEXTO DISSERTATIVO-ARGUMENTATIVO

Agora que conhecemos os conceitos anteriores, podemos entender melhor o texto dissertativo-argumentativo. Como se pode imaginar, esse modelo de texto reúne as características principais dos textos anteriores (argumentativo e dissertativo).

Um texto dissertativo-argumentativo é aquele em que o autor expressa seu ponto de vista, com o intuito de persuadir o leitor, de maneira analítica e vertical, estruturando o texto em introdução, desenvolvimento e conclusão.

Esse modelo textual, de caráter impessoal, é o mais “fechado” de todos, isto é, o menos aberto ao improviso. Assim, para ter êxito na redação, é preciso fazer um bom levantamento de ideias e apresentá-las com coesão e coerência.

Em outras palavras, uma boa dissertação argumentativa será aquela em que o candidato conseguir apresentar o melhor de cada parte que a constitui: na parte argumentativa, é essencial apresentar afirmações, justificativas e exemplos, a fim de que expressividade “mexa” com o leitor; na parte analítica, é essencial trabalhar a lógica do texto, promovendo uma conexão envolvente entre introdução, desenvolvimento e conclusão.

Compartilhe conhecimento...